A Arte como Resistência

Instituto Vladimir Herzog promove debate gratuito sobre artista Antonio Benetazzo / 24 de abril / 19:30 – 21:30

Antonio Benetazzo

O Instituto Vladimir Herzog, com apoio da Unibes Cultural, promove no próximo dia 24 de abril (terça-feira), às 19h30, um encontro para pensar a arte como resistência a partir das obras de Antonio Benetazzo, artista plástico e militante político assassinado pela ditadura militar em 1972. O evento celebra a inclusão da exposição “Antonio Benetazzo, permanências do sensível” no acervo do IVH na plataforma Google Arts&Culture, ocorrida no início de março.

Os convidados para a conversa são:
• Carla Borges, ex-coordenadora de Políticas de Direito à Memória e à Verdade da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo;
• Elifas Andreato, artista gráfico, cuja trajetória está ligada à fase áurea da música popular brasileira e à luta contra o regime militar;
• Reinaldo Cardenuto, pesquisador e curador da exposição “Antonio Benetazzo, permanências do sensível”.
Além de Rogério Sottili, diretor executivo do Instituto Vladimir Herzog.
Será exibido também o documentário “Entre Imagens (Intervalos)” sobre a vida e obra de Benetazzo, dirigido por Reinaldo Cardenuto e André Fratti Costa.
O evento é gratuito e você pode retirar o ingresso neste link

Serviço:
Antonio Benetazzo – A arte como resistência
Data: 24 de abril (terça-feira)
Horário: 19h30
Unibes Cultural
Local: Rua Oscar Freire, 2500, Sumaré, São Paulo/SP – ao lado do metrô Sumaré
Entrada aberta e gratuita
(11) 3065-4333
http://unibescultural.org.br/

Instituto Vladimir Herzog
(11) 2894-6650
http://vladimirherzog.org


<<<Voltar