Galeria traz proposta original protagonizada pela arte contemporânea de qualidade em uma plataforma online

Trapézio

Uma das práticas mais antigas da humanidade – a arte – é permeada pelo propósito estético e comunicativo, que expressa ideias, emoções e formas de observar o mundo. Por trás de um grande artista, sempre existe uma persona que empresta o seu olhar para estabelecer um raciocínio e uma linguagem comuns as suas obras. Reside aí a principal célula de um brand.

No caso da Trapézio Galeria, esse DNA é o de Carolina Maluf e Samantha Maluf, empresárias que inauguraram no ano passado uma plataforma online que tem a proposta de disponibilizar arte contemporânea, original e de qualidade. No espaço virtual, o cliente adquire obras de arte, por valores acessíveis, contribuindo positivamente para o mercado de arte online, que faturou no mundo em 2016, aproximadamente US$ 3,75 bilhões, de acordo com pesquisa levantada pela Hiscox.

“Observamos um gap entre as novas gerações e o mercado de arte. Foi o ponto de partida para desenvolvermos o projeto de uma galeria online conectada com o comportamento e mindset de um público jovem, que transita em um amplo universo cultural, mas que na maior parte das vezes não está inserido no mercado de arte. Pessoas que querem começar uma coleção ou decorar sua casa.”, explica Samantha Maluf.

O espaço online possibilita ainda que informações e conteúdo circulem de maneira mais dinâmica e aproxima a galeria e o colecionador em um ambiente acessível e menos intimidador. O contato pessoal tem papel central na troca de experiências e no diálogo entre artistas e colecionadores.

As empresárias reuniram em um hub online artistas de diferentes gerações, que têm como denominador comum uma obra criativa e original. Profissionais com um trabalho já estabelecido e também jovens artistas que começam a traçar seu próprio caminho, mas que já revelam capacidade de permanência e compromisso com a própria obra, entre eles: Antonio Peticov, Evandro Carlos Jardim, Jaime Prades, Celso Orsini, Martin Brausewetter, Jacqueline Aronis, Patrícia Bigarelli e Adriano Baruffi.

Trapézio em Casa – Para ajudar a viabilizar a experiência em adquirir uma obra de arte, a marca investiu em uma consultoria online: Trapézio em Casa.

O serviço, que é gratuito, cria uma ambientação digital das obras do acervo da galeria na parede da casa dos consumidores. O cliente tem a possibilidade de ver as obras de sua escolha e/ou de sugestões da equipe de curadores aplicadas no ambiente que desejar.

“Com esse serviço fica mais fácil visualizar se a obra combina com o espaço. A ambientação digital das obras é entregue por e-mail, em até 10 dias úteis. Esse trabalho é inédito e funciona muito bem para arquitetos que precisam montar estruturas de arte em seus projetos.”, diz Carolina Maluf.

Gift Card – De olho no mercado de presentes, inclusive os de casamento, a Trapézio desenvolveu, em parceria com a Casa Rex, um gift card: cubo-trapézio de madeira maciça, que funciona como objeto de arte. Acompanhado de um voucher com o respectivo crédito adquirido (com diversos valores), o cubo tem o objetivo de maximizar o mercado de presentes x arte.

Serviço:
Trapézio Galeria
(11) 996-933-364
https://www.trapeziogaleria.com


<<Voltar