Skip to main content

Burle Marx no MuBE

MuBE inaugura exposição intitulada Burle Marx: arte, paisagem e botânica, mostra reúne obras inéditas e apresenta faceta polivalente do artista

Burle Marx

Mangue azul (detalhe), 1963 | Roberto Burle Marx

Natureza, arte e arquitetura convergem na obra de Roberto Burle Marx. O artista transpunha com destreza a linguagem pictórica ao paisagismo, contrapondo formas orgânicas abstratas à rígida geometria da arquitetura. Não à toa, tornou-se um dos maiores paisagistas do século XX, somando ainda, os adjetivos de arquiteto, pintor, escultor, designer, botânico, ecologista e ativista pelas causas ambientais. Em homenagem à sua trajetória, o Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBE) inaugura em 15 de dezembro a mostra Burle Marx: arte, paisagem e botânica. Leia+Mais→

Festival Artesol celebra a diversidade

Evento acontece, a partir de 22 de novembro, no Museu do Meio Ambiente no Rio de Janeiro, e aproxima o público da cultura do artesão

 Artesanato

Completando 20 anos de história em 2018, a organização Artesol realiza, pela primeira vez, o Festival Artesol, com exposição, seminário, oficinas e feira criativa, celebrando a diversidade de técnicas artesanais, matérias-primas e processos criativos no Brasil. O evento vai ocupar os salões do Museu do Meio Ambiente, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, de 22 de novembro de 2018 a 31 de janeiro de 2019. Leia+Mais→

O ordinário Rafael Sica

Mostra reúne originais de histórias em quadrinhos, gravuras e pinturas do quadrinista e ilustrador gaúcho, de 23 de outubro a 23 de dezembro de 2018, na CAIXA Cultural Rio de Janeiro

Rafael Sica

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 23 de outubro a 23 de dezembro de 2018, a exposição O ordinário Rafael Sica. Entre originais do autor, gravuras e pinturas, as mais de 200 obras traçam um panorama da carreira do quadrinista e ilustrador gaúcho, considerado um dos principais nomes das histórias em quadrinhos da atualidade. O público ainda poderá conhecer um pouco do processo de produção do artista, que desenhará um painel de 8 m x 3 m no dia da abertura. Leia+Mais→

Arte contemporânea no Cidade Jardim

O Shopping Cidade Jardim exibe a coletiva ARTE/FORTMATTO, que discute a pluralidade do cenário artístico

ARTE/FORTMATTO

Declive / Manoela Medeiros

De 24 a 28 de outubro, o Shopping Cidade Jardim promove atividades em torno do debate da arte contemporânea, junto ao escritório ARTE/FORMATTO, que traz para a Casa Bossa exposição homônima.

A 5ª edição da mostra conta com mais de 50 artistas independentes, selecionados pela curadoria de Gisele Rossi e Lica Pedrosa, nomes à frente do projeto. O objetivo é trazer ao público a oportunidade de conhecer a produção atual de artistas visuais. Leia+Mais→

Ai Weiwei na Oca

São Paulo recebe, a partir de 20/10, a primeira maior exposição do artista plástico chinês Ai Weiwei no Brasil, com 8 mil m2 – e traz obras históricas e outras inéditas nascidas de sua imersão pela cultura no país

Ai Weiwei

AI WEIWEI RAIZ é a primeira exibição do artista plástico Ai Weiwei no Brasil, e também a maior já realizada por ele. Com projeto desenvolvido e curado por Marcello Dantas, a mostra chega para apresentar a história deste brilhante artista por meio de seus mais icônicos trabalhos, além de obras inéditas nascidas de uma imersão profunda pelo Brasil e suas tradições. Em cartaz a partir de 20 de outubro na Oca no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Leia+Mais→

Ajoelhou Tem que Rezar na Mônica Filgueiras

Exposição Ajoelhou Tem que Rezar Mônica Filgueiras Galeria de Arte de 21/09 a 20/10

Ajoelhou Tem que Rezar

Obras autorais de Beth Turkieniez, Elaine Gomes e Patrícia Kaufmann, elaboradas sobre suportes de madeira idênticos e sem assinatura aparente, formarão um painel único que convida o espectador, junto às artistas, a dar significado ao que está exposto.

Em “AJOELHOU TEM QUE REZAR” o suporte é o ponto de partida. As artistas BETH TURKIENIEZ, ELAINE GOMES E PATRÍCIA KAUFMANN trabalharam a partir de suportes de madeira idênticos, de 40X40cm, que serão expostos na MÔNICA FILGUEIRAS GALERIA DE ARTE de maneira a construir uma unidade, um único corpo, que será batizado com o nome da exposição. O coquetel de abertura acontece no dia 20 de setembro, a partir das 19h. Leia+Mais→

Mario Lopomo na Tecnofeal

Exposição de Mario Lopomo é destaque no Espaço Cultural da Tecnofeal, que acontece até 28/ Setembro com entrada é gratuita

Mario Lopomo

No showroom da Tecnofeal acontece a exposição Vestígios, do artista plástico Mario Sergio Lopomo. “Para nós, é sempre uma satisfação ter artistas com o talento do Lopomo expondo suas artes em nosso showroom”, exalta a Gerente Corporativa da Tecnofeal, Adriana Panzoldo. “O número de visitas para conferir as artes dele foi bastante positivo durante o DW, e segue, mesmo após o término do evento, algo que comprova a popularidade do artista e a beleza de suas obras”. Leia+Mais→

Rodrigo Sassi no CCBB-SP

Exposição de Rodrigo Sassi no CCBB-SP cria diálogo com a arquitetura – dia 11 de agosto, às 11h até 22 de outubro de 2018

Rodrigo Sassi

O Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo realiza a mostra Esquinas que me atravessam, com cerca de 20 obras inéditas de Rodrigo Sassi, produzidas entre 2016 e 2018. O conjunto reunido no subsolo do prédio, antigo cofre da então instituição financeira, reafirma referências plásticas e conceituais da obra do artista formuladas nos territórios da cidade e da arquitetura. A partir de elementos usados e descartados da construção civil, Sassi cria seu particular vocabulário formal e poético. “Eu me aproprio de elementos usados na construção da cidade e os ressignifico, construindo figuras do meu imaginário, dando uma espécie de sobrevida a esse material que já vem cheio de significados e marcas”, explica. Leia+Mais→

Niobe Xandó exposta em São Paulo

Peças ganham plataforma exclusiva em arazzo na exposição Manifesto Tramas das Artes

Niobe Xandó

A pintora, desenhista e escritora autodidata, Niobe Xandó (1915 – 2010), que tem obra multifacetada, com várias linhas de pesquisa diferentes, começando pelo figurativismo, passando pelo imaginário abstracionista e pela representação de totens e máscaras arcaicas, chegando ao Letrismo, e no mecanismo, termo criado por ela mesma, onde embate arcaísmo e modernidade. Leia+Mais→

Scroll Up