Escritorio ARTE/FORMATTO abre Coletivo 60 Artistas reunindo obras produzidas apenas por artistas independentes. Durante os cinco dias da exposição, o público poderá ver um conjunto de obras – cerca de 200 peças, em um só espaço

Dando continuidade ao projeto de promover a visibilidade da produção de artistas independentes, o escritório ARTE/FORMATTO – comandado por Gisele Rossi e Liliana Pedrosa, realiza até 25/03, no espaço da rua Colômbia, 157, a quarta edição da mostra que este ano leva o nome “Coletivo 60 Artistas”.

Durante os cinco dias da exposição, o público poderá ver um conjunto de obras – cerca de 200 peças, de todas as artes visuais produzidas por artistas independentes, sem representação exclusiva por galerias ou outros espaços. Oportunidade única do artista retirar suas obras do ateliê, vê-las em conjunto com as de outros e mostrá-las para uma audiência interessada.

A mostra é o momento culminante de um trabalho contínuo da dupla, que segue imersa em sua pesquisa de selecionar e divulgar a arte contemporânea no país. Esta quarta edição conta com 60 artistas, entre eles, Alberto Simon e Bruno Miguel (pintura), Fernando Limberger e a cubana Ania Valle (desenhos), Sonia Dias de Souza e Marina Malheiros (fotografia).

Destaque – “Coletivo 60 Artistas” tem como destaque os trabalhos de Sonia Dias de Souza. Nascida na França, veio para o Brasil aos 3 anos de idade. Mora desde então na cidade de São Paulo, onde durante a infância e juventude dedicou-se ao estudo da dança e música clássica. Desde a infância tem a fotografia como uma forma de expressão natural de seu imaginário. Há cerca de 10 anos, decidiu dedicar-se com exclusividade à construção plástica e visual das imagens que emergem de seu inconsciente.

Recentemente, participou da exposição e do catálogo da sexta edição do Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger 2016 / 2017, realizado pela Coordenação de Artes Visuais/Diretoria das Artes da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), que estimula o surgimento de projetos fotográficos para desenvolvimento do saber humano. Nessa ocasião, Sonia apresentou a série denominada Ecos.

A artista desenvolve pesquisas e experimentações focadas em reflexões acerca do inconsciente, da memória, do tempo e do espaço, a partir de suas inter-relações, percepções e das inquietações que então se originam. Seu interesse central repousa na investigação de questões ligadas à condição humana face à percepção que podemos ter do o que nos é dado a conhecer – seja uma matéria visível ou não. Em “Coletivo 60 Artistas”, a artista expõe dois trabalhos de fotográfica com interferência criadas à base da técnica fusion, que consiste numa moldagem do vidro em chapa mantida no forno em alta temperatura. Duas “bolhas” fotográficas, ambas de formato 80×80, impressas em pigmento natural sobre papel algodão são resultados de anos de pesquisa de construção de imagens a partir de um consciente imaginário.

O evento proposto é composto por duas vertentes: a primeira, uma exposição coletiva com artistas visuais das mais diversas linguagens como fotografias, pinturas, gravuras, colagens, esculturas, áudio visuais e instalações. A segunda, um ciclo de debate mediado por curadores e críticos de arte sobre tópicos atuais e relevantes da arte contemporânea gerando uma maior aproximação do público com o artista.

O primeiro deles acontece na quarta-feira, 21, às 19h. O crítico de arte, pesquisador e dramaturgo Rafael Vogt Maia Rosa apresenta o tema “A inovação e o tradicional na arte contemporânea”. No dia seguinte, quinta, 22, às 17h, Sergio Zobaran, curador e jornalista, discute seu projeto Modernos Eternos com a participação da design de interiores Detinha Nascimento. Já na sexta-feira, 23, também às 17h, Instituição x Mercado, sob curadoria de Thais Riviti com participação da museóloga Cristina Delanhese e da colecionadora Bia Yunes Guarita.

ARTE/FORMATTO – Fundado em 2013, o escritório ARTE/FORMATTO promove eventos em torno da arte contemporânea. Sua atuação se dá através de mostras coletivas e encontros que servem como ponte entre artistas, curadores, colecionadores e museus, dando assim visibilidade a artistas independentes, promovendo seus percursos e estimulando a circulação de obras para um público-alvo que inclui novos e antigos colecionadores. Para Liliana Pedrosa, uma das idealizadoras do projeto, “trata-se de buscar, para além das estratégias convencionais, novos formatos de fazer a arte circular, propiciar o encontro entre artista e público, gerar conversas e reflexões, despertar interesses e encontrar diálogos”.

“Coletivo 60 Artistas” reunirá em um só espaço: Adriano Franchini, Alberto Simon, Alencar Loch, Alice Freire, Alice Ricci, Aline Sancovsky, Ana Lucia Mariz, Ania Valle, Anna Guilhermina, Anna Paes, Rafael Vogt Maia Rosa, Bruno Miguel, Célia Saito, Cristina Schleder, Deolinda Aguiar, Eduardo Climachauska, Eduardo Garcia, Elaine Pessoa, Eneida Sanches, Érika Malzoni, Fabiana Preti, Fabio Cruz, Fernanda Papa De Boer, Fernando Soares, Fernando Limberger, Filipe Barrocas, Gra Fraccaroli, Gilda Vogt, Herman Tacasey, Ivan Padovani, Jean Araújo, Josilton Tonm, Layla Motta, Leka Mendes, Lucrécia Couso, Malú Saddi, Marcelo Barros, Marcelo Costa, Marcelo Freitas, Marco Maria Zanin, Maria Clara, Maria Luiza Mazzeto, Marina Malheiros, Marlene Stamm, Mirian Perez, Pascal Ruesch, Paulo de Tarso, Pedro Vasconcelos, Rag, Renato Gaiofato, Renato Leal, Ricardo Barcellos, Rogério Barbosa, Rosilene Fontes, SantaCosta, Simone Fontana Reis, Sonia Dias de Souza, Tchelo, Thais Stoklos, Thomas Baccaro e Vivian De Campos,

Serviço:
ARTE/FORMATTO, 4ª Edição Coletivo 60 Artistas
Local: Rua Colômbia, 157, Jardim América;
Até 25 de Março, das 10h às 19h (sábado e domingo, até às 16h)
(11) 999-813-889 / 981-414-556
http://www.arteformatto.com.br/


<<Início