Peças ganham plataforma exclusiva em arazzo na exposição Manifesto Tramas das Artes

Niobe Xandó

A pintora, desenhista e escritora autodidata, Niobe Xandó (1915 – 2010), que tem obra multifacetada, com várias linhas de pesquisa diferentes, começando pelo figurativismo, passando pelo imaginário abstracionista e pela representação de totens e máscaras arcaicas, chegando ao Letrismo, e no mecanismo, termo criado por ela mesma, onde embate arcaísmo e modernidade.

Oito obras da artista estão disponíveis ao público em uma plataforma totalmente nova, em arazzos tecidos a mão na exposição coletiva Manifesto Tramas das Artes, promovida com muita expertise e alma avant-garde pela By Kamy até 15/09, em São Paulo.

Sob a curadoria da psicóloga e escritora carioca Daniella Bauer, que reuniu peças de artistas consacré – além de Niobe Xandó – Gilvan Samico, Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Luisa Editore, Mónica Millán e Nicole Tomazi. A exposição, que promove a transição entre o design têxtil e a arte contemporânea, mostra um novo ideal sobre a arte em uma sociedade volante e volúvel.

Movida pela pergunta que não quer calar, o que é arte? Daniella mergulhou com maestria no universo único e particular de produções artísticas e em seu mercado esférico para trazer à tona essa resposta. “A arte é uma maneira de traduzir e manifestar o que compreendemos ou não, o que enxergamos, sentimos, tocamos, cheiramos, escutamos ou intuímos o que nos revolta, o que nos cala, o que precisa ser dito. Ela é acima de tudo um modo de quebrar paradigmas e estabelecer o novo.”, expressa a curadora.

De acordo com Daniella, seria purismo crer que a arte possa simplesmente ser, pois nada é desprovido de significado. “Aquilo que é aparente está em constante transformação, portanto cabe aos artistas atribuírem significados, materializar a ideia, dar corpo ao que é etéreo. O mundo contemporâneo exige uma transfiguração constante e uma capacidade adaptativa inesgotável. Em consonância a isso, a By Kamy tenciona, unindo as duas artes, estabelecer um novo modelo que a princípio pode causar desconforto, mas indubitavelmente trará mudanças em acordo com o tempo atual.”, explica Daniella.

“Não vou batalhar para divulgar meu trabalho. Se ele tiver valor, alguém irá compreender”

Niobe Xandó descende de mineiros de Baependi e de fundadores das cidades paulista de Assis e Botucatu. Nasceu na antiga Vila da Boca do Sertão do Avanhandava, Capela de Nossa Senhora dos Campos Novos de Paranapanema e viveu a infância e a adolescência no interior do Estado, mudando-se para a capital em 1932. Casou-se aos 16 anos, com um comunista notório, João Baptista Ribeiro Rosa e passou a frequentar os locais de preferência e reuniões dos integrantes do Partido. Em 1947 conheceu os pintores Takaoka, Newton Santana e Geraldo de Barros, quando frequentava o ateliê do artista e professor Raphael Galvez. Pensando inicialmente na escultura, foi incentivada por esse grupo a desenhar e a escrever algumas crônicas.

Serviço:
Exposição Manifesto Tramas das Artes
Até 15/09
De Segunda a sexta, das 10h às 19h e Sábado das 10h às 15h.
Entrada Gratuita
By Kamy Maison – Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1147, São Paulo – SP
(11) 3081-1266
https://www.bykamy.com.br/dw/sobre/

Contato:
By Kamy
(11)3853-0046
https://www.bykamy.com.br